domingo, 20 de novembro de 2016

Dia da conciência negra, sim!




Triste realidade que o negro passava. Hj, com a aceitação do seu próprio esteriótipo, começaram a se assumir, e assumir a própria beleza negra. Blackpower na veia. Cabelos cacheados e bem transados, turbantes, uma cor mais forte, uma moda afro e peles bem maquiadas estão fazendo agora com que as mulheres e homens negros se assumam como são e não tenham que eternamente precisar se submeter ao branco até na sua aparência. A indústria e o comércio, o mundo negro começou a ser mais visto e considerado e é assim que a auto-estima vai se elevando apesar de tantos séculos os colocando em segundo plano. Há tanta beleza nos corpos, cabelos, pele, sorrisos e almas dos negros... Cheirosos, lindos e inteligentes, são assim que os vejo e sei que são. Pra nós brancos é fácil dizer que não precisa ter dia da consciência negra, pois precisava ter dia da consciência humana, mas pra eles que vivem a discriminação na pele pela história afora, não, é importante, sim! Qualquer tipo de preconceito é nojento, e eu repudio. Por isso que acho que precisamos, sim, falar disso no dia da consciência negra! Por que, não?

Bom ensino é aquele que aponta para a criticidade...


Isso foi posto em um quadro branco de uma escola estadual... Ensino de qualidade, sim, porque nas escolas PP, particulares nego não pode falar sobre... Porque é vetado dessa forma. Querem tirar a liberdade do professor ensinar, pelo menos, o que é cada sistema, do que é ideologia, quem são os pensadores, filósofos que fizeram diferença na história. Sociologia, Filosofia, Artes, e mais todas as outras que querem banir do Ensino Básico, são sim, obrigatórias para o ser humano ser completo e mais crítico. Quem não entende nada de educação que pensa em otimizar o ensino e enxugar para torná-lo mais tecnicista e mecânico possível, pois sem criticidade o cidadão aceita qualquer bobagem que lhes impõem goela abaixo, e é óbvio que é o que o governo pretende e quer e vai fazer de tudo pra arbritariamente de cima pra baixo fazer com a nova reforma do Ensino Médio e com as PECs da vida, sem investimento, com cortes imensos do que já não é investido... Acorda galera. Ninguém quer doutrinar como MBL e Escolas Sem Partido da vida querem fazer com que vocês pensem, não. A galera só quer apresentar as coisas e deixar a moçada com a informação pensar. Ninguém quer aluno robotizado sem senso crítico pra dialogar e aprender de forma mais pensante, ninguém quer aluno que só diz sim, amém. Ah, tem o outro lado, que a gente não quer aluno violento e nem indisciplinado, mas indisciplina é outra coisa, é anarquia total, e aí é falta de ordem, e isso nós também damos limites. Tudo tem seu lugar na Educação, mas a educação ampla, completa, não isso aí que querem dizer que é avanço e na real é um grandecíssemo retrocesso!

terça-feira, 15 de novembro de 2016

"Eu sou o limite de minhas ilusões perdidas" Bachelard


Quando Bachelard fala das "ilusões", ele fala de conceitos subjetivos ligados ao realismo. Imagens concretas, pouco elaboradas, não-abstratas. Quando se busca evoluir o espírito científico e desenvolver o exercício da psicanálise do senso comum o que se realiza é uma espécie de exorcismo de valores. O cientista ou estudante de ciências deve buscar construções mais abstratas, menos ligadas à sensualidade, às metáforas mal feitas e outros elementos de linguagem que nos iludem e satisfazem assim esgota-se a busca pelo objeto científico mais matemático. O que nunca deve ser esgotado. O movimento de busca e pesquisa, cálculo, abstração é constante, eterno na epistemologia do conhecimento pensada por Bachelard. Na superfície não nos aprofundamos para buscar o racionalismo das coisas e estamos fadados à vulgaridade, segundo ele. "A ciência não é fácil."

Mulher é bonita independente o quanto pese...

Porque a mulher não é só carne. Ela é alma que transborda, é suspiro que evidencia, é olhar que tira o ar. Mulher para ser interessante, não precisa ser só corpo bonito, bunda e peito durinhos e nas medidas em que os padrões que a sociedade determina quer. A mulher que sabe ser ela mesma sabe usar e transar o corpo que tem.
#NãoSouObrigadaANada

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Bom dia!


A vida se faz de um fluxo contínuo de acertos e erros, quando tendemos a errar mais crescemos e evoluímos. O acerto em demasia nos acostuma mal, nos faz achar que somos o que nunca deveríamos pensar ser. Perfeitos. Ninguém acerta o tempo todo, e nem erra a vida toda. Esse equilíbrio e certificação de que nos mantemos aprendizes é o que nos mantém de pé. Vivamos, erremos, aprendamos todos juntos, de mãos dadas... Bom dia!

domingo, 30 de outubro de 2016

Sou mutante...


Um mundo lindo só existe nas obras de arte... a desarmonia existe e ela é inquietante, nos move para as grandes questões que podem não nos deixar ricos e em paz, mas nos levam adiante de nossas expectativas muitas vezes... Não quero nunca cristalizar no tempo e nem nas minhas ideias... Sou mutante como o universo. Boa noite!