quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Generosidade alheia

A gente muitas vezes se encontra e se acha sozinho no mundo, mas esquece de olhar em torno de nós e em nossa volta quando reparamos existe muita gente nos olhando positiva e ternamente.
A mão generosa estendida para nós é o maior e mais delicioso afago que podemos receber.
O acalanto e abraço amigo de quem muitas vezes acabou de chegar é algo que surpreende, pelo olhar da massa que só consegue enxergar o mal.
Não, o mal existe, mas ele graças a Deus não é maioria. Pude provar isso, estou certa de que não é.
Não há agrura que você não possa dividir com pessoas generosas que não se ponham a te auxiliar.
Tudo ocorre se a sua bontade é enxergada em primeiro lugar.
Já reparei que muitos egocêntricos até conseguem chegar a algum lugar, mas não sobressaem, quando não só por alguns minutos mostram sua casca e depois passam a ficar confinados no próprio casulo contruído por suas vaídades.
Por isso, "fazer nem sem olhar a quem" ainda faz bem, pelo menos aos que essencialmente não conseguem mais deixar de ser assim e viver sem tal prática.

Portanto, conselho: SEJA BOM, PARA SER FELIZ