terça-feira, 27 de outubro de 2009

Harmonizando sentidos e emoções

O segredo entre o duelo razão e emoção para mim é a harmonia.
Manter o senso entre os dois universos paralelos que deveriam sempre conviver de forma estequiométrica (posso falar nisso aqui?), sim pois estequiometria é proporção, é equilíbrio, e respeitando esse tipo de relação nada fica em excesso e os aproveitamentos das maiores reações entre  razão e emoção são sempre produtos coerentes, proporcionais ao que deve ser a melhor produção do Ser Humano.
O ser que só vive da emoção acaba se expondo demais, e como quando expostos ao sol, apesar de nos fazer bem, se excessivamente nos deixamos sermos irradiados pelos seus raios podemos ser queimados e os danos serem irreversíveis.

Razão / emoção
Contrários possíveis
Buscando a meta da harmonia
Engrenagem da vida
Natureza filosofal
Pedra no sapato
Dos nossos dias
Cada dia um passo
Em busca
Eterna.