terça-feira, 6 de outubro de 2009

Malas feitas para o meu mundo


Deu a louca e resolvi cair dentro.
Arrumei a casa, fiz a faxina pelo interior, mexi nas amarras, fui bem fundo.
Viajei mesmo praonde ninguém ainda explorou e descobri um mundo inexplicável.
É pra lá que vou!
No meu ego tudo é perfeito.
Onde mais poderia ter um lugar ideal para se viver?
Lá bem no fundo do meu desejo, fechando meus olhos e vendo tudo que sonho.
Um mundo que só eu acesso, só eu tenho as chaves, cadeados.
Mundo perfeito: menos injusto, mais colorido, sem desigualdades e ainda por cima com pessoas inteligentes com quem conversar, dividir idéias e não invejarem.
Pessoas bonitas, não externamente, mas com algo a dizer e muito a fazer.
Nesse mundo que criei não existem notícias ruins e nem sequer quem por lá está pensa em fúteis famosidades, quem importa mesmo é o irmão, o próximo e para ele todos dão a mão.
Nessa viagem, infelizmente acordo de um lindo sonho e vejo que o mundo pode ser tão maravilhoso quanto, se um pouquinho de esforço fizermos.
É só querer...
Mas de vez em quando voltarei a fazer as malas e me transportar para lá.
Esperança de por lá ficar, quando esse mundo for trazido pra cá.