sábado, 29 de janeiro de 2011

Dedicação ao amor... a fé... a generosa solidariedade... sacerdócio do amor...

O pé já não existe mais no meu quintal.
Minha poesia e trabalhos na área de Educação, meus escritos e filosofia só irão visar temas do bem, tais como: Deus, caridade, busca da fé.
Falo do amor, falo de manifestações do amor, mas quero purificar cada dia mais essa poética que pode ser vista de forma mais ampla...
O amor pode ser muito maior que o amor que se apega e ao amor que se limita e aprisiona só à carne...
Mas a carne também sente suas necessidades... E que o toque seja suave e mais santo, não tão pecaminoso e olhado como sujo...
Não transformemos em pecado o que pode ser tão lindo quando feito por e com amor... o amor certo, o amor liberdade, o amor amplo...