segunda-feira, 14 de novembro de 2011

O que o filme Reféns e minhas fotos fizeram revirar em mim...

Vi Reféns, com Nicolas Cage e com a Nicole Kidman e lembrei do assalto em minha casa quando tinha 12 anos
Lembrei de como foi difícil e minha mãe negociando com 3 homens com revólveres sobre nossas cabeças
Mamãe conseguiu acalmá-los, os assaltantes estavam muito nervosos
Na realidade foi uma sucessão de vacilos de nossa segurança na época, deixamos os cachorros presos, o portão aberto e fomos atender visitas
Meus pais eram representantes, distribuidores da Tupperware e morávamos em um casarão perto da distribuíção
Todos conheciam meus pais, meus pais depois desse episódio decidiram nos internar, meu irmão em Petrópolis e eu no Sta Marcelina no Alto
Depois desse terror e mtas ameaças de sequestro, tivemos a ida pra o nosso apto de São Conrado, o final da distribuíção e algumas crises
Meus pais entraram em crise no relacionamento por conta do final da firma da Tupperware, pois meu pai aprontou algumas com a mamãe
Foi a fase mais violenta, aos meus 14 anos de meu pai, e vivemos quase um inferno 2 anos depois desse episódio
Fiquei interna 1 ano, depois voltei pra casa, como externa, e acabei na transição entre os 14 para 15 anos vivendo a maior crise que pude
Fugia pra cá pra casa da vovó, eu saía pro Fashion Mall, todo final de semana tinha boites, festas de 15 anos, como tinha motorista e carro
Levava todas as amigas e pegava e saía só voltando 4 ou 5 da manhã
Não era de bebidas e nem drogas, eu gostava era de beijo na boca, dançava e beijava mto a muitos meninos
Eu saía toa enfeitada, maquiada, uma mulher praticamente, pq sempre fui mulherão
Entrava fácil em qq boite com minhas amigas, bebericava e beijava mto, dançava a noite toda e beijava
Essa "ficação" nunca levou a relacionamentos sólidos, e nem queria, a minha "curtição" era ter aquele prazer de beijar vários e sair livre
Depois isso mudou
Engraçado, pq aos 12 quando quase praticamente fui forçada em uma festinha americana a beijar um menino que eu fechei a boca e nem beijei
E ele que nem era do meu colégio de raiva foi ao meu colégio espalhar algo que eu não havia feito com ele, passei 2 anos longos sem nem
Sem querer 1 beijo de ng, sentia nojo
Sempre fui uma menina calma, estudiosa, mas quando saía me transformava: dançava mtoooo, qdo bebia me soltava e beijava a quem passasse
Mais tarde fui acalmando essa ânsia em beijar todo mundo e passei a sair e beijar 1 moço por noite, era fase
Só que aí lá pelos 16 ou 17 anos eu comecei a querer namorar os meninos e até tentava
Tive alguns namoricos, alguns flertes, algumas saídas, mas nada era sério, eu nunca quis
Depois dos 20, eu comecei a me arriscar a namorar, mas nunca por quem eu era apaixonada
Por mais que alguém por quem eu me apaixonasse se aproximasse e tentasse algo, eu sempre fugi
Sempre me esquivei e fugi dos homens que "amei"...
Tive mesmo, na real, sérios, 3 namoros, sérios não,super abertos
De 2 anos pra cá, terminei com 1 deles, o mais devasso e sacana que podia, eu cansei desse tipo de relação
Ficamos 1 ano e meio e cansei da relação que tínhamos, foi numa pregação do @pefabiodemelo que eu dei o clique pra sair daquele inferno
Minha vida mudou, cheguei a ter um namorico ano passado de 1 mês com um rapaz, um engenheiro, e só era sair do trabalho e ir de ônibus
Juntos e nos beijando, ele pouco dialogava, cansei desse tipo de relação, só objetal
2 coisas me fizeram lembrar do filme tudo que vivi: a relação da família ali e a menina querendo transgredir e ser livre daquele mundo
É tão triste quando falta amor e falta Deus, tudo isso faltava, hj somos mais unidos, temos menos dinheiro, meu pai é menos violento
Com Deus e amor, muita coisa foi restaurada e mto ainda tem a se restaurar
Queria que as pessoas que não conhecem a minha história e não querem fazer parte delas como amigos, por favor se retirassem da minha vida
Pq se vc chega pra me sugar e achar que pode ficar vigiando o que falo e o que faço por aqui por qq motivo, está se enganando
Não tenho nada, não sou ng, não sou pior e nem melhor que ng, mas eu não mereço mta coisa que ando vivendo por aqui
Eu já tive dores, mágoas e chagas que ainda estão abertas da minha própria vida, e não sou capaz de fazer mal a ng
Se falar com algumas pessoas e ser retornada e essas pessoas me terem carinho incomoda tanto que se faz um motim pra em dm falarem de mim...
Perceberem quem admiro por aqui pra cercar essas pessoas e falar de mim, é inútil, pq o que vcs acham pode não ser o que elas acham
Deixe as pessoas terem suas próprias conclusões sobre mim, sobre quem sou e se relacionarem comigo como bem quiserem
Sou uma pessoa cheia de falhas, assumo-as e vivencio uma luta árdua e diária por uma conversão em busca de minha melhora como ser humano
Eu não sou dona da verdade, não, eu só coloco opiniões, vivências e coisas que penso pra conseguir em debate e oração crescer
Cada um opta por um caminho, todos somos livres pra escolher o caminho que percorremos e traçamos, os rastros que deixamos
Bom feriado a todos
Patrick Swayze - She's like the wind - YouTube http://bit.ly/sBhGxB

As pessoas têm mania de falar muito do que elas não sabem
O tempo sempre foi um bom amigo, muito, meu melhor amigo, pois ele mostra tudo, inclusive que a retidão do que sou não é mentirosa


:: Meu olhar filosófico ::: Oração capenga... bit.ly/uHg7fc