domingo, 5 de agosto de 2012

Humano e os animais


BELA FOTO, BELA HISTÓRIA!

Este é Shep de 19 anos, sendo carregado nos braços de seu pai no início desta semana no Lago Superior. Shep adormece todas as noites, quando ele é transportado para dentro do lago, ele está doente e com uma dor crônica que o faz sofrer muito e somente melhora quando John o carrega nos braços desta forma, no lago, so então adormece. O fotográfo ficou feliz somente em poder guardar este momento para seu amigo John, mal sabia que esta foto iria se tornar um viral no Facebook.

John salvou Shep ainda filhote com somente 8 meses de idade, e ele tem sido sua companhia, ao seu lado, em muitas aventuras, desde então. Agora John retribui de forma maravilhosa ao seu grande amigo, ja idoso e doente!

Este post no Facebook se tornou viral, pela bela imagem e bela história! EMOCIONANTE!


This 19 year old Shep being cradled in his father’s arms earlier this week in Lake Superior. Shep falls asleep every night when he is carried into the lake. I was so happy I got to capture this moment for John. By the way, John rescued Shep as an 8 month old puppy, and he’s been by his side through many adventures .
This Facebook post has gone viral, this is a true history, a amazing history and beautiful image.
_____________________________________________________

Essa história nos emocionou aqui em casa e eu me pus a pensar...
Por que será que os homens estão tão ligados aos animais e os defendendo, mais do que muitos humanos?
Parei para pensar, e lembrei de um documentário que vi da Brigitte Bardot em que ela dizia que o ser humano estava tão podre que ela preferia se dedicar a conviver com os animais.
A questão é que temos instintos fortíssimos de zelo pelo outro, pelos animais, por seres que são indefesos.
As pessoas conscientes sentem essa paternidade ou maternidade aflorada quando estão próximos aos animais, crianças ou anciãos, até mesmo, agora me lembrando aos deficientes de alguma forma.
Temos essa necessidade de amar, de nos dedicar para nos sentirmos mais completos e mais felizes.
Fazer o bem, seja a um animal, faz bem a alma.
Lógico que muitas vezes precisamos também não nos esquecer de olhar pro irmão que está ao nosso lado, e precisando de nós.
Mas é tão mais fácil o mais frágil e inconsciente, como os animais... Não somos apunhalados e nem sofremos decepções, eles sempre nos dão em troca amor, carinho... 
Animais instintivamente são mais recíprocos ao amor e carinho do que muito humano, infelizmente.
Fica a reflexão para semana...

Cristiana de Barcellos Passinato