domingo, 20 de janeiro de 2013

Muitas vezes sonhamos juntos, quando damos as mãos achamos que será para vida toda...



Muitas vezes nos iludimos que seremos para sempre...
Que viveremos nas vidas de quem nos marca e diz nos gostar por fazer felizes em alguns momentos...
Sonhamos juntos, lutamos juntos, gritamos pelo mesmo nome nas ruas acreditando no mesmo ideal...
Temos fé de que a esperança será a força para a mudança necessária...
Tudo que se fez e lutou junto, tudo que se acreditou vai-se por terra por vis motivos, quando o orgulho, o medo do novo e de quem vá julgar prevalecem...
Triste mundo esse que só é movido pelas aparências, pelas conveniências, pelo maldito nome, fama e poder.
Parece que toda a união, força, luta foi por água abaixo.
É como se numa passeata o povo esmigalhasse esse alguém quem é colocado de lado e depois ainda fosse pisoteado.
A dor é muito forte, pois tudo que foi feito, foi unicamente por amor. E nada se faz, só se olha para trás e se deixa morrer aquele ser sendo esmagado...
Que Deus guarde os corações que ainda amam sem interesse e perdoe os que por ventura usam de quem ama junto e dá as mãos, mesmo com pouco, mesmo sem forças, mesmo sem poder, mas por amar de verdade.
Enfrentando a tudo e a todos, por saber assumir que ama e é amiga!
Seja qual for o tipo desse amor.
Que Deus ensine a quem não sabe amar e ser amigo de verdade!

Cristiana de Barcellos Passinato