sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Teatro: Cabaret Luxúria


Semana passada fui no sábado ao agradável musical com texto de Rachel Ripani (vide ficha técnica no flyer).
Além de escrever o texto, ela também produz e atua - diga-se de passagem muito bem...
Tal como todo elenco que canta, dança, representa, a peça tem pouco mais de 1 h de duração, o horário é excelente - 19 h - e a localização central, logo ali perto da Cinelândia, na Caixa Cultural da Av. Almirante Barroso.
Um excelente local, que aliás, expunha algumas peças e oferecia o catálogo de obras de arte de Aluízio Carvão e uma exposição fotográfica, a quem chega com alguma antecedência e confere outras programações do local.
Paguei meia, do ingresso já baratíssimo - R$ 10,00, a inteira e R$ 5,00 a meia - pois sou cliente Caixa Econômica (alguma vantagem a gente tem que ter por isso, não é? - risos).
E 19 h em ponto entramos no pequeno teatro e aconchegante ambiente, já estávamos no "inferno", sim, pois o ambiente, as luzes e como não há palco, os atores da banda que acompanha os atores principais já estavam colocados e nos recebendo.
Isso já nos faz entender que não seríamos meros expectadores...
Éramos também convidados do Cabaret Luxúria...
Muitos risos, muita inteligência, alguns clichês no texto propositalmente recortados para que atentemos e venhamos a pensar em frases de efeito, virais, situações, lembrar de mitos e ídolos já mortos, e até, por que não de filmes, musicais... 
Tudo com um figurino, maquiagem e elementos cênicos muito bem dosados.
Como a própria Rachel Ripani ao final comentou comigo, tudo para darmos risada e nos divertirmos. 
A leveza do texto e a inteligência da atuação faz com que desde adolescentes até as senhorinhas se empolguem.
Realmente, vale a pena conferir!

ATENÇÃO: Oficina dia 20, grátis, inscreva-se, informações no flyer (imagem)

Curtíssima temporada, só até esse domingo!