segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Assumindo a vida como ela é!

Passei um grande tempo de minha vida pensando que eu era vítima do acaso e meus fracassos eram causados por um azar imenso.
Hoje, mais madura, vejo que se fracasso a culpa é minha, se venço também.
Sim, pois somos responsáveis por tudo aquilo que nos acontece, ninguém mais.
Não são nossos pais que são culpados por terem errado em algum ponto de nossa educação, porque por mais errados, eles tentaram o melhor do que poderia ser feito, mas sim culpa nossa por estagnar na desculpa para nossas consciências de que não fazemos nada por culpa de alguém.
A pior coisa na vida é isso. É a pessoa não se assumir, não assumir erros e culpas e ficar nesse vitimismo eterno. Nada cresce, nada evoluí.
Daí, um belo dia, resolvemos acordar e ver o mundo como ele é, colocar o pé no chão e sair do mundo de alice para viver de verdade.
Começamos a buscar nossos objetivos, assumirmos posturas, ideais, opinião, dívidas, pagando por tudo literalmente que deve.
Nesse meio termo, vemos que apesar de um monte de dificuldades e a vida estar difícil, muita coisa por que se luta com verdade e coragem, mesmo no meio desse emaranhado de ansiedades, problemas, a vida vez ou outra nos dá surpresas, prazeres, amores, e assim conseguimos caminhar com mais força ainda pra buscar mais e mais...
Sim, pois se não é esse sabor de quero mais entediamos no cotidiano.
O lance é sair pra vida e correr atrás com garra do que se quer.
Bjs, boa semana pra todos...