domingo, 28 de setembro de 2014

Belo dia...


O que dizer do dia de hoje?
Não tenho palavras pra descrever tudo de vida que senti em um só dia.
Só tenho a agradecer a Deus e a quem está me ajudando a proporcionar um pouco de alegria aos meus dias corridos e cheios de afazeres.
Queria poder ter um pouco mais de qualidade de vida, me exercitar mais, buscar equilíbrio maior ainda na alimentação, mas a gente vai dando passos pequenos e possíveis.
Temos problemas? Sim, temos muitos aqui e em minha família, porém temos força de levantar e seguir.
Preciso viver, preciso ser feliz, mesmo sozinha, mesmo gordinha, mesmo no caminho pra algo melhor, mas preciso começar hoje, agora pelas coisas que me dão prazer e que não vejo como pecado nenhum de poderem ser realizadas.
A vida é curta, é uma só, vejo as pessoas indo com facilidade embora, adoecendo, os dias sendo só de reclamações, pesares, e eu quero poder sorrir, amar, ser feliz, mesmo com os problemas, que são normais e com o correr do tempo eles vão sendo sanados.
Até os financeiros, pra tudo tem jeito, o que não tem jeito é a morte e quando ela vier, não vai ter jeito de rebubinar o filme e voltar atrás, não, vai ficar a vontade pra trás.
Por isso, me deixa viver e ser feliz, pois sei lá o dia de amanhã?
Posso até não amanhecer... E você tb.
Todos podemos amanhã não existir.
Então, vamos sorrir e cantar, dançar, fazer tudo que der vontade...
Tudo que for possível.
O impossível a gente entrega ao Pai, se Ele decidir que for pra ser, vai ser e vambora aproveitar.
Boa noite, bom sono e bom domingo, na paz e no amor de Deus.