segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

O trem...

O trem é um cruel meio de transporte, faz dos encontros tb despedidas... E das despedidas possibilidades de encontros... É um ciclo que é doloroso, pois o infinito é o que dura segundos. A cada estação, faz uma saudade eterna e a possibilidade da volta uma dor imensa, mas quando o encontro se faz aquele instante vira de novo infindo, absoluto e potente... O mundo para, o tempo também, e tudo fica intensamente iluminado... Daí com um simples abraço vem de novo a despedida... Tudo parece ir e vir... Tão difícil a passagem desse trem...