quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Tempo de reformas...


Revisando, vendo o que é preciso, o que é necessário.
Desarrumando as bagagens e despegando do que não é mais prioritário.
Lembranças que não fazem mais sentido...
Um futuro que seguirá mais leve.
O ano precisa ser assim... Menos pesado e mais desapegado.
Uns se vão, outros ficam...
Torça para ficar, pois se eu for, será definitivo...
Isso é uma constante...
Ano que vai, ano que vem... Todos os anos precisamos dar espaço com perdas ao que vamos ganhar.
Pessoas também vão, e outras vêm...
As definitivas? Ficam. Lógico...
Rio segue o curso, as águas nunca voltam...
Mar não, a maré traz a onda de volta...
A vida é meio que como água que lava e limpa.
Boas energias, bons pensamentos, boas companhias...
Fiquem com Deus!