sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Sobre a página "eu não mereço mulher preta." - Dra Ludimila de Sousa Cruz (comentários meus)

video

Mais uma vez, eu dou vez e voz a essa mulher incrível que tem na fala a indignação contra essa terra de ninguém que a internet está se tornando.
Ela que só está pedindo algo justo. Que as leis sejam cumpridas em um território onde os mascarados são covardes e ficam importunando e infernizando a vida de pessoas que querem viver em paz.
Estou com ela, e se pudesse, eu me juntava a ela com relação à página que é entitulada: "Eu não mereço mulher gorda", pois muitas vezes, nós gordas não escolhemos ser como somos.
Mas não é por nós sermos como somos, independente da cor, do peso, da religião, seja lá qual a característica que estejam malhando por aí nas páginas, nós não merecemos aguentar caladas sermos violentadas virtual e, quem sabe até, se isso atingir a algum maluco fisicamente...
Precisamos mover através do MP ações coletivas contra esse tipo de violência.
Precisamos limpar a internet, pois não é possível que esses canalhas não tenham limite e nem punição por esses crimes, pois está lá, a Dra Ludimila está mostrando, e lei é feita pra ser cumprida, não negociada e nem violada.
É simples, está lá, no papel, e vale, meu amor, o que está escrito. É LEI!