domingo, 16 de agosto de 2015


Quando tratamos gente como gente e coisas como coisas, e não pessoas como objetos sentimos o fluxo de gratidão e amor do mundo vindo para nós. É como uma onda, que quando vai gerando o bem, volta com a gratidão em um nível de energia amplificado. É restaurador. Boa tarde.