terça-feira, 28 de junho de 2016

Massagem na alma...


Entrei no ônibus hoje pela manhã e fiquei incomodada na cadeira do corredor do ônibus e olhei com dificuldade para trás, pois estava com uma dor na coluna imensa, e vi que havia um assento atrás do meu, na janela. Pedi licença a um senhor para sentar no lado da janela e ele permitiu de pronto. Quando sentei, não sei porque me desculpei e disse: "Estava toda torta no assento do corredor, o rapaz ao meu lado é avantajado e eu quase estava do lado de fora da cadeira. Estou com dores na coluna, perdão incomodá-lo." O senhor virou-se para mim e disse: "Dor na coluna deve ser tensão, e nada vale tirar nossa noite de sono com dores nas costas, a vida é uma só, não se deixe estressar assim...". Tratava-se de um senhor reservado, oficial do exército que me contou um pouco de sua vida, com muito humor, mas resumindo, ele me disse que estava optando por viver uma vida mais simples, não ser mais escravo do dinheiro e vida social e que ele queria agora não ter mais obrigação de nada e nem hora pra nada. A viagem inteira, escolhi não colocar o fone no ouvido pra ouvir rádio, onde ouço notícias de trânsito e canções que gosto que vão me acalmando e fazendo adormecer durante a viagem que acaba servindo para uma ampliação do descanso da noite pra chegar ao trabalho mais disposta. Hoje escolhi ouvir aquele senhor. Foi uma grande lição, novamente, como ontem, ouvir um idoso de uma forma tão gostosa, bem humorada e eu acabei até melhorando da dor nas costas. Era tensão, e ele me relaxou. Deus é sempre Pai e envia anjos anônimos na nossa vida pra fazer esse tipo de massagem na alma.