segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Desejos de uma professora em crise...


Pensando em economizar na comida e supérfluos (segundo os políticos) e fazer tudo que eu sempre quis, junto ao final do mestrado e em 2 empregos, será que eu chego? Sempre quis, teria até condições, mas as minhas prioridades e por ter que se tudo dividido de vez é que pega: "Pra quem tem ou sempre teve vontade de aprender a tocar algum instrumento musical ou cantar, a escola de música Villa Lobos, no Centro da Cidade, está com as inscrições abertas até o dia 02/2/17, para iniciantes. A inscrição é 50,00 e a semestralidade é 760,00 que pode ser divididos em até 6 vezes." Queria tocar violão, piano, cantar, fazer dança, ballet, de preferência, queria tb flamenco e sapateado, queria fazer locução e oratória, queria fazer cursos livres de filosofia, cinema e teatro e queria fazer oficinas de produção de texto, queria fazer cursos de línguas de inglês, espanhol, francês e italiano, queria fazer curso de culinária. Tem tempo de vida pra isso tudo e ainda acabar meu romance? Queria dar conta de ler todos os livros que eu compro e os filmes que eu gostaria de ver. Mas os livros e filmes que valem à pena. A ir a todas as peças e shows que me fazem muito a cabeça, tipo ir no Beco das Garrafas ver o show "Samba, Jazz & Bossa" sem culpa de que tá acabando minha grana e que eu queria fazer outra coisa prioritária, até porque meu décimo terceiro é sonho e só consigo entrar na carteirinha do mestrado da UFRJ que me dá meia tranquilo. Os livros e materiais que compro é tudo no meu descontaço do Estado que ontem me baixou um livro de quase 100 reais pra 50 e poucos. Pelo menos isso...